domingo, 26 de outubro de 2014

Quero...


Quero ouvir os pássaros que visitam minha varanda todos os dias.

Quero ver o beija-flor pairando no ar antes de beijar as flores que crescem em meu jardim.

Quero presenciar o renascer da árvore que julgava morta.


Quero sentir o brilho do sol que entra pela janela do meu quarto, do ônibus, do meu carro ou de qualquer janela.

Quero sonhos coloridos que me façam viajar a mundos nunca antes visitados.

Quero que não haja mais dramas e se houver, que ainda tenham pitadas de comédia que me façam rir depois de uma noite de lágrimas.

Quero enfim,  fazer  daquelas páginas em branco espaços de fantasia nascidas pela escrita.


Quero continuar...


Lê Gomes


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Um pensamento

Reflexão


Ao invés de seguir o caminho do outro, siga seu próprio caminho. Não queira ser o que o outro é , seguir seu parâmetro, estilo de vida.

Encontre-se.

A pior coisa no mundo é aquele que não é nada.

Agora entendo querer ser tudo, é porque nunca soube quem verdadeiramente é...

Quis ser (seguir) um , depois outro e depois o outro e quando o tempo passou viu que nada era e que ao final nada tinha , nem a si mesmo.

Ao perceber que nem a si mesmo pertencia, fugiu. Mas ninguém foge de si mesmo, pois a sombra revelada na luz sempre estará a lembrar suas fraquezas.

O melhor é olhar, se encarar e descobrir-se, por pior que seja a revelação do seu verdadeiro eu.

Chega um momento que não devemos mais fugir e sim assumir o que somos ou não somos ou o que nunca seremos.



Lê Gomes

Pelo mundo

 
Resolvi viajar o mundo,
ver com meus olhos
o que tem depois de lá.
Pode ser que aqui não seja meu lugar.

Dizem que o mundo é tão pequeno
que todos podem se encontrar.
Só sei que para mim
fica bem depois de lá.

Eis que aqui,
não fico mais esperando
Deixarei o mundo me apresentar.
Leve-me,  para bem depois de lá.


Lê Gomes





sábado, 18 de outubro de 2014

Os tropeços

Foto Davi Gomes


Andava por ai concentrada, às vezes distraída, às vezes nem sabia que andava. Por vezes quis ser andarilho.

Na caminhada, concentrada tropecei, machuquei, mas segui. Fiquei distraída mas vi flores no caminho, e algumas delas nasciam entre espinhos. Eu segui, passo a passo fui adiante e não me dei conta que estava longe. Será que estava mesmo?

Talvez a indecisão seja o caminho.

Minha estrada nem sempre era asfaltada, caminhei por terra, as margens do rio, mata, por aclives e declives. Na minha estrada quis ser nada e quis ser tudo. Quis ser o que estava a minha frente; flor, pássaro, árvore, pedra, terra,barro...

A caminhada era minha, calçada ou descalça era minha.


De tudo que na caminhada aprendi, é que nada aprendi, apenas a certeza que seguindo em frente foi melhor não olhar para trás.


Lê Gomes

Foto Lê Gomes
Foto Lê Gomes

domingo, 12 de outubro de 2014

Meu Anjo

Na noite da última quinta-feira, escrevi este sentimento pensando em meu anjo que estava para vir. As palavras surgiram entre  lágrimas que agora entendo a razão, era uma despedida.

Continuarei com o verbo conjugado no presente, eternizando sua presença agora em meu coração.

Meu anjo


Eu te quero não pela beleza, eu te quero não pela perfeição, eu te quero, simplesmente quero.  Não espero nada, nem recompensas, nem grandes feitos, apenas espero a ti porque te quero muito, muito.

Te desejo como meu, me pertencendo como eu a ti.

Desejo-te anjo, benção de Deus. Eu te quero muito, muito. Nada muda então, ou muda tudo talvez. Muda,  pois fica a certeza do desejo de querer-te.

Eu te quero muito, muito.
Um mais que tudo,
um tudo que se encontra a minha fé.



Meu anjo fique com Deus . Até um próximo encontro.

Lê Gomes

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Sou Lua Crescente


Ainda sou nova
não podes de me ver,
mas  logo viro crescente
dia após dia a despontar.
Dentro de mim
poderosa a ficar.

Sou lua crescente
e a mais e mais
Passam-se os dias , os meses
e na conjugação de 3 x 3
me vejo cheia,
lua cheia.
 
Quando este momento chegar
Será hora de sair.
Ao sair viro minguante,
lua minguante.
E tu serás nova crescente,
lindo crescente,
sonho crescente
filho crescente.

Que Deus esteja conosco
Amém.


Lê Gomes