domingo, 22 de março de 2015

Esperança de novos tempos


Esperança de novos tempos


Calou-se o tempo diante da desgraça,
moribundos estamos a troco de nada.
Amar uns aos outros perdeu o sentido?
Quero crer que não.

São sentimentos impuros
de um momento confuso,
da ávida espera pela Era de Aquário.
Será que quando a bendita chegar, estaremos salvos?

Salvos de quê?
De nós mesmos?
É o que os tempos escuros e obscuros
nos levam a crer.


Lê Gomes


Foto: Lê Gomes








domingo, 8 de março de 2015

Por todos os dias que sejam dias socialmente iguais


Não quero um dia


Não quero um dia,
quero todos os dias para nós.
Quero igualdade, direitos iguais.

Não quero apenas flores.
Quero que plantem novas posturas,
e que haja  inexistência de incongruências perante nós.

Não quero apenas a cor rosa,
quero um arco-íris de gestos, de avanços 
que enterrem o chauvinismo masculino que impera.
Não quero apenas ser,
quero estar, compartilhar, pertencer.
Quero que na sociedade mulheres e homens sejam iguais.


Lê Gomes