sábado, 19 de dezembro de 2015

Quanto tempo sem postar!


Nossa! Estou a algum tempo sem postar. Vocês devem pensar que abandonei o Devaneando, mas muito pelo contrário, jamais poderei abandoná-lo, pois ADORO colocar neste espaço meus devaneios, pensamentos, sentimentos , sejam eles bons ou ruins. Eu mesmo me espantei em ver quanto tempo não posto e comecei a refletir sobre este fato.

Acredito que o principal fato seja que estive doente. Calma! desta vez nada de depressão, apenas esse meu coração que resolveu descompensar e me proporcionar momentos de picos de taquicardia quase que diários, o que me fez passar muito mal , isso conjugado com uma anemia descoberta a bem pouco tempo, enfim... coisas que fazem parte quando já não somos tão jovem assim e nos aventuramos em recomeçar um lindo ciclo de vida.

O fato é que ficou difícil de escrever ou de ter inspiração. Rascunhei em meu adorável caderno algumas coisas que ficaram incompletas, mas que prometo terminar e postar aqui. Aliás, qualquer dia falarei no meu querido caderno de 300 páginas que é recheado de loucuras escritas em suas folhas.

Adorei constatar que mesmo distante do blog muitos continuaram a visitá-lo. Muito legal!

Para dar colorido e reflexões vou publicizar algumas coisinhas colocadas na fanpage Devaneando em poesia e Diário.







Lê Gomes