quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Carta para Gabriel

Um grande amor



Esse homem me pegou de jeito, me apaixonei por ele antes mesmo de conhecê-lo pessoalmente. Ele foi vindo, chegando de mansinho, mexeu com meu coração, usou e abusou de mim, sugou todas as minhas forças , mas eu só sabia me apaixonar mais e mais por ele. Totalmente perdida de amores por este pequeno homem que roubou meu coração,  minha alma e mexia dentro de mim.

O que podia fazer? Apenas lutar para tê-lo em meus braços, pra que nada nos impedisse de estarmos juntos, de vivermos a mais bela história de amor. Sim, lutei para tê-lo em meus braços. Sabia que sucumbiria apenas a ele e que o coração abalado, as forças perdidas eram apenas caminho para nos fortalecer.

Nosso amor venceu. Eu vivo agora, a cada dia, um amor que só multiplica – Eu vivo o amor de mãe.      

Estou aqui para amá-lo incondicionalmente, com o mais puro desejo de contribuir para que se torne um grande homem.


Te amo meu filho. Te amo Gabriel. Seja bem vindo!


Lê Gomes