segunda-feira, 20 de março de 2017

O amor...


Existem várias formas de amar, mas o amor é único. Simplesmente  amamos.

Amor é querer estar com o outro apesar de todas as variáveis apontarem que não há chances de dar certo. Amor é querer tentar sempre. Amor é não esconder, é querer dizer ao mundo que é a ti que amo.

Amor é não ter vergonha e nem encontrar desculpas para um não. Amor não é dizer: “isso não significa que tenho que ficar com ele” e sim; “eu preciso de todas as formas estar com ele”.

Amor não é tentar, experimentar pra ver qual é como última opção. Amor é vivenciar mil vezes quantas vezes forem preciso.

Amor não é ter medo, o medo é de não amar. Amor é mesmo com turbilhão de sentimentos confusos ainda querer proteger. Amor é não esquecer, é querer ficar, permanecer.

Amor não é se importar com que o mundo tem a dizer. É dizer ao mundo quem você quer ter.

Amor não é por nas nuvens, é viajar em nuvens com seu amor. É aprender a gostar de tudo que pertence ao outro como se seu também fosse. Amor é compartilhar e não somente dizer.

Amor é percorrer todos os lugares que o outro possa estar. Amor não fingi , não mente e se mente, é apenas para camuflar o amor que deveras sente. Mas amor não tem dúvidas.

Amor é simplicidade dentro da complexidade. Amor não espera, não conjectura. Não se perde só se ganha, mesmo que seja dia após dia.

Amor não brinca com o amar do outro, ele valoriza e abre o peito para receber esse amor. O amor só transforma-se em ódio por não querer amar tanto assim.

Amor não é fuga, é encontro. É com olhos nos olhos dizer – Eu te amo – sem palavras pronunciar.

Amor, amor, amor. Vivenciarei quantas vezes for e com a mesma pessoa quantas vezes puder.




Lê Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário